Avalie o site

Buracos multiplicam acidentes nas rodovias estaduais na região

News3

Buracos multiplicam acidentes nas rodovias estaduais na região

1 / 10

MANHUAÇU (MG) - Os buracos espalhados pelo trecho da MG-111 que liga Manhuaçu a Ipanema e Simonésia têm danificado carros e multiplicado os acidentes na região.

Na estrada, a sequência de buracos começa a aparecer logo na saída de Manhuaçu. No trecho até Simonésia, o problema ficou ainda pior, com buracos de todos os tamanhos.

“Muito, mas muito buraco mesmo. Está bem ruinzinha a rodovia. Passar por aqui é complicado, principalmente, com chuva, que tem que redobrar a atenção”, disse um motorista.

Com chuva, dificulta ainda mais para ver os buracos na pista. “É perigoso acontecer acidente com os carros que vêm desviando do buraco. Eles podem bater de frente nesse momento”, falou um motorista de ônibus.

Os condutores contam que os buracos sempre foram um problema na MG-111, mas disseram que, nos últimos dias, a situação piorou muito. Assim, os acidentes se multiplicaram. “Tem buraco demais. Só se vê carro com pneu estourado por causa disso”, disse um motorista.

Neste sábado, 10/03, houve mais um acidente no km 57. Um Jeep Renegade saiu da pista e bateu em algumas árvores na margem da rodovia. Felizmente não houve ferimentos graves.

O motorista desviou de outro veículo que estava na contramão, desviando de buracos. No sentido contrário vinha mais um veículo. Após perder o controle da direção, o carro saiu da pista.

No veículo estavam duas pessoas, que saíram ilesas. Os airbags foram acionadas e amenizaram a força do impacto.

MOTOCICLETA

Um jovem de 21 anos ficou internado mais de uma semana com duas fraturas na perna direita. Ele sofreu acidente no sábado, dia 03.

“O carro parou de uma vez por causa de uma série de buracos e meu sobrinho tentou sair. Ele não conseguiu e bateu na lateral traseira do Fiat Toro”, contou o tio do rapaz.

O acidente foi no km 60. O motorista contou aos policiais rodoviários que “seguia pela rodovia no sentido Manhuaçu para Simonésia, ao avistar um buraco enorme a sua frente, reduziu a velocidade - quase parando - para evitar danificar o veiculo, momento em que percebeu que algo havia colidido na traseira do veiculo, ao olhar pelo retrovisor percebeu que havia uma pessoa caída na estrada”.

Ambos condutores estavam devidamente habilitados e sem qualquer vestígio de terem ingeridos bebidas alcoólicas.

O tio fez um vídeo no lugar do acidente e divulgou nas redes sociais. “Meu sobrinho está no hospital por causa disso, com a perna quebrada, por causa dessa m* de buraco. Políticos não fazem nada pelo povo. Só roubando dinheiro do povo. Não precisam passar aqui, aqueles vagabundos, pois andam de avião ou de helicóptero. Quantas pessoas com seu carro ou sua moto, passando por esses buracos aqui, em tempo de perder a vida. São pais de família, estudantes, pessoas que precisam ir fazer exames médicos. Vai acontecer mais acidente e vamos perder a vida por causa desse descaso aqui”, afirmou.

No final, ele chega a chorar pela falta de providências e a condição do sobrinho. “Ele foi comprar uma peça para o carro do pai dele. Ele está lá sentindo dor há uma semana e esses políticos só roubando dinheiro do povo. É um jovem guerreiro, trabalhador, pega saco de café, capina, faz de tudo na roça. Tem uma semana que está assim, sentindo dores, preso numa cama de hospital, e ninguém faz nada. Eu não vou votar para mais ninguém”.

O rapaz foi transferido para Belo Horizonte no final de semana e passou por cirurgia.

PROSTESTO

Na manhã desta quarta-feira, 14/03, moradores chegaram a fechar a rodovia próximo a Simonésia durante cerca de meia-hora como forma de protesto para chamar atenção para a precariedade da rodovia e necessidade de recapeamento.

Questionada a respeito dos buracos, em relação às rodovias MG-111 - trecho Manhuaçu a Ipanema e Reduto ao trevo de Espera Feliz e a MG-108 - trecho de Durandé a Mutum, a assessoria de comunicação do DEER-MG informou que "já está na programação do Departamento a execução de tapa-buracos nos trechos citados. A previsão é de que os serviços sejam iniciados nos próximos dias".

Carlos Henrique Cruz - carlos@portalcaparao.com.br

Compartilhe:

Deixe seu comentário