Avalie o site

Garota de 13 anos tenta matar homem no bairro Santana com facadas

News3

Um homem de 54 anos sofreu uma tentativa de homicídio, na noite dessa sexta-feira (16/06), na cidade de Manhuaçu.


Por volta das 21 horas, a Polícia Militar recebeu denúncia anônima de que uma garota teria lesionado um homem pela Rua Caparaó, no bairro Santana.


O homem foi encontrado no sofá da casa com várias lesões pelo corpo. No chão da residência havia grande quantidade de sangue. Os vidros das duas janelas e da porta estavam quebrados, sendo que os estilhaços ficaram espalhados por toda parte.


A vítima foi levada até a Unidade de Pronto Atendimento, onde o médico de plantão constatou diversas perfurações e cortes pelo corpo, inclusive um ferimento grave no pulmão.


A vítima teve que ser submetida rapidamente a cirurgia, pois corria risco de morte.


PROVOCAÇÕES


Antes da cirurgia, a vítima informou aos policiais que a confusão teria tido início na última segunda-feira (12), pois algumas pessoas do bairro estariam ficando na porta de sua casa fazendo uso de drogas.


Na ocasião, ele colocou um aviso na porta de seu imóvel dizendo que era proibido sentar na calçada e acabou tendo uma briga com uma adolescente, de 13 anos, que é sua vizinha.


Ele ainda disse que, apesar de ser menor de idade, a adolescente é bastante implicante e eles já tinham se agredido mutuamente com pedaços de pau tempos atrás. Nenhum deles registrou ocorrência junto à polícia.


Na noite desta sexta, enquanto assistia televisão, ouviu alguém batendo na porta de sua residência. Ao verificar, constatou que se tratava de sua vizinha e outra garota desconhecida. Elas estavam dançando e fazendo algazarras na porta do imóvel.


O homem disse que pegou um pedaço de pau e foi até a rua para confrontá-las, porém foi surpreendido pelas mesmas, que estavam armadas com facas e começaram a lhe cortar.


A vítima então correu para dentro da casa e as meninas começaram a tentar forçar a porta, vindo a quebrar os vidros e dizendo que iriam matá-lo. Devido ao barulho da confusão, alguns vizinhos vieram a intervir.


Após o fato, as autoras fugiram do local e não foram encontradas pela Polícia Militar.

Compartilhe:

Deixe seu comentário