Avalie o site

Motociclista é flagrado arrastando cachorro amarrado por uma corda

News3

Motociclista é flagrado arrastando cachorro amarrado por uma corda

1 / 1

IÚNA (ES) - Um motociclista foi flagrado arrastando um cachorro, na rodovia estadual Coronel Leôncio, na cidade de Iúna, Espírito Santo, por volta das 17h desta segunda-feira (26). O animal estava amarrado à moto com uma corda no pescoço.

O cão ficou todo ensanguentado, com fraturas e foi socorrido com vida, porém bastante debilitado, para uma clínica veterinária do município.

Duas mulheres que flagraram a ação, seguiram o motociclista, por cerca de 500 metros, e gritaram até que ele parou e elas puderam socorrer o animal. As testemunhas registram a ação do homem em vídeos e compartilharam nas redes sociais o que causou grande revolta na cidade.

O motociclista tentou agredi-las com empurrões, fez ameaças na tentativa de tomar o celular das mãos delas e fugiu do local.

"Eu fiquei sabendo da situação pela veterinária e de pronto as aconselhei a fazer o Boletim de Ocorrência. Porém, uma delas tinha que ir à faculdade, por isso, registrando o B.O hoje e tomando as demais providências cabíveis. Me coloquei a disposição em acompanhar qualquer situação decorrente dessa ocorrência", contou a advogada Amanda que é voluntária da proteção animal na região.

De acordo com informações dos membros do grupo Amigo Fiel, o homem que amarrou o cachorro é servidor público da prefeitura de Iúna, na função de motorista. "O Prefeito já sabe do ocorrido e se colocou a disposição", finalizou Amanda.

O prefeito de Iúna, Weliton Virgilio Pereira, comentou sobre o fato envolver um servidor da prefeitura. "O acusado é servidor público municipal, na função motorista. Contudo não estava no horário de serviço, desta forma, acredito que ele terá direto constitucional de contraditório e ampla defesa. Assim que os fatos chegarem oficialmente à Administração, serão encaminhados para adoção de medidas administrativas", disse o prefeito Weliton.

Edézio Peterle - Aqui Notícias

Compartilhe:

Deixe seu comentário