Avalie o site

REDUTO - Adolescente de 15 anos diz que foi vítima de estupro coletivo

News3

Doze pessoas foram conduzidas nesta terça-feira, 23/05, por equipes da Polícia Civil de Manhuaçu. Investigação apura uma denúncia de estupro coletivo envolvendo uma adolescente de 15 anos numa festa na zona rural de Reduto.


Equipes da Polícia Civil cumpriram mandados de busca e apreensão expedidos pelo Juiz Dr. Marco Antônio Silva, da 1ª Vara Criminal de Manhuaçu, para residências em Manhuaçu e em Reduto.


Além de conduzir os participantes e o organizador da festa de aniversário nesta terça, os policiais apreenderam celulares e um notebook.


A delegada de Crimes contra a Pessoa, Adline Ribeiro, destacou que uma apuração minuciosa do caso será feita. “Enquanto acontecia uma festa de aniversário na zona rural de Reduto, essa adolescente de 15 anos manteve relações sexuais com diversas pessoas e nos procurou alegando que foi estuprada. O fato teria acontecido no dia 13 de maio. Estamos apurando a veracidade das informações com relação aos possíveis autores desse fato. Vamos checar tudo para que nenhuma injustiça seja cometida”.


Ainda de acordo com a delegada, em princípio, durante a madrugada, com o nível de bebida, aparentemente acabou desencadeando isso. “Havia várias pessoas na festa e temos que apurar quem realmente está envolvido e o que verdadeiramente aconteceu. Tínhamos o nome de alguns e agora já temos outros nomes. Nesta data foram conduzidas algumas pessoas e outras ainda serão chamadas”, detalhou.


Segundo o que foi apurado, várias pessoas mantiveram relações sexuais com a menor naquela noite. “As pessoas que foram conduzidas aqui hoje prestaram depoimentos, aparelhos de celulares de todos eles foram apreendidos, onde passaram por perícia, inclusive um dos envolvidos disse que foi feito um vídeo da ação, mas ele já tinha sido apagado. Então vamos tentar recuperar esse vídeo”, ressalta Dra. Adline.


Para a delegada o fato é grave e preocupante. “A gente pensa que só isso só acontece nas grandes cidades conforme foi noticiado nos jornais da TV recentemente e quando acontece na nossa porta ficamos preocupados e nos acende um alerta, onde e com quem estão os nossos filhos, o que era pra ser uma festa de aniversário terminou nessa bagunça de bebedeira, sexo e quem sabe até mesmo drogas”, completa.


O objetivo da apreensão de celulares é apurar eventuais imagens dos fatos ocorridos naquela madrugada.

Compartilhe:

Deixe seu comentário